7 razões bíblicas para perdoar seu cônjuge

Quando um dos cônjuges não cumpre a sua parte no relacionamento não é fácil perdoar. Seja qual for o motivo para darmos o perdão, mesmo sendo difícil, Deus nos ajudará a termos essa atitude.

49,146 views   |   231 shares
  • Já notou como pode ser difícil perdoar quando o cônjuge se esquece daquele dia especial, faz toda a família chegar atrasada nos eventos ou negligencia suas responsabilidades básicas no relacionamento? Existem também aqueles casais que lutam para perdoar um adultério, os vícios ou os problemas financeiros.

  • Quando um dos cônjuges não cumpre a sua parte no relacionamento não é fácil perdoar. Seja qual for o motivo para darmos o perdão, mesmo sendo difícil, Deus nos ajudará a termos essa atitude.

  • "Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar." (I Coríntios 10:13)

  • Se está com dificuldade para perdoar seu cônjuge e seguir em frente, as razões a seguir podem ajudá-lo a dar o perdão.

  • 1. Escolha perdoar

  • Perdoar o cônjuge é uma escolha nossa, não seremos forçados a fazê-lo, porém dar o dom do perdão permite-nos vencer sentimentos de raiva, amargura ou vingança, curar feridas espirituais e trazer a paz e o amor que só Deus pode nos conceder. Também não significa que não existe consequência para a transgressão e o mal cometido. Contudo, temos que perdoar porque nós também ansiamos com toda a força da alma pela misericórdia — pelo perdão dos erros e pecados que cometemos. Então "perdoe como o Senhor nos perdoou." (Colossenses 3:13)

  • Perdoar a quem nos ofende: Dê o presente da graça a alguém
  • 2. Ore pela cura do seu sofrimento

  • Embora você pense que está só nesta luta, não está. Deus não nos deixará nem nos abandonará com nossos sofrimentos e problemas. Busque-o em oração, abra seu coração e deposite sua carga aos pés do Salvador. "Ele cura os quebrantados de coração e liga-lhes as feridas" (Salmo 147: 3), causadas pelo cônjuge a seu tempo, quando colocamos a nossa total confiança e dependência Nele.

  • 3. Reconheça que você tem falhas também

  • Devemos reconhecer que somos imperfeitos. "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus." (Romanos 3:23). Talvez não pecamos da mesma maneira que o nosso cônjuge, mas pecamos em algum momento de nossa vida. Ao perdoar o cônjuge devemos resistir à tentação de comparar nossos pecados aos dele. Jesus sofreu por todos os pecados que nos impedem de ter um relacionamento íntimo com Deus. Por isso peça ajuda ao Senhor para lhe mostrar o que você precisa melhorar no casamento e para perdoar da mesma forma que você busca o perdão.

  • Advertisement
  • 4. Resista à tentação de lembrar continuamente os erros

  • "Perdoo, mas não esqueço" é o que a maioria de nós faz quando diz que perdoa. Não vamos esquecer o ocorrido, os erros também nos ajudam a não os cometer mais. Porém, se perdoamos o cônjuge não devemos ficar lembrando constantemente o que ele fez, isso não vai melhorar as coisas. "Não vos lembreis das cousas passadas, nem considereis as antigas." (Isaías 43:18). Devemos assim agir e eliminar os sentimentos de vingança e punição do nosso coração à medida que nosso relacionamento com Deus e com o cônjuge amadurece.

  • Como perdoar quem nos ofende
  • 5. Compreenda o seu papel no casamento

  • Não é porque os cônjuges têm problemas e cometem erros que devem esquecer do seu papel no casamento e não fazer mais nada. Mesmo que o relacionamento precise de perdão e de mudança, o marido e a mulher precisam continuar a se amar, se respeitar, ser fiel e fazer a sua parte no casamento. "Assim também vós cada um em particular ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido." (Efésios 5:33). Ao fazer nossa parte será mais fácil dar e receber o perdão.

  • 6. Expresse seu amor em ações e não apenas palavras

  • Amor é um sentimento que deve ser expresso através de nossas atitudes e não apenas por palavras. "Meus filhinhos não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. " (I João 3: 18). À medida que perdoamos, que temos paciência com os erros do cônjuge, que somos gentis e cuidamos do casamento e da família, mostramos o amor verdadeiro.

  • 7. Perdoe, perdoe, e perdoe novamente

  • Quando Pedro perguntou a Jesus, "Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim e eu lhe perdoarei? Até sete?", Jesus lhe respondeu, "Não te digo até sete, mas, até setenta vezes sete." (Mateus 18: 21-22). Teremos que perdoar muitas e muitas vezes, então, repita os itens 1 ao 6 sempre. Jesus nos dará a força e o desejo em nosso coração para perdoar toda vez que se fizer necessário.

  • Perdoar não é fácil para nós, como não foi para Jesus perdoar os pecados de todos os filhos de Deus. Mas por causa de seu grande amor e misericórdia, Ele o fez. Nós também podemos segui-lo ao perdoar o nosso cônjuge e ao confiar em Deus para curar a nossa fragilidade.

  • Opa, ele fez de novo: Como perdoar o seu cônjuge
  • Advertisement
  • Examine seu coração e ofereça o perdão para aqueles em sua vida que precisam da sua compreensão, amor e compaixão.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Sou esposa e mãe de duas lindas filhas. Amo minha família! Gosto de ler e me informar sobre vários assuntos, de artesanato e atividades que envolvam a família e os amigos.

7 razões bíblicas para perdoar seu cônjuge

Quando um dos cônjuges não cumpre a sua parte no relacionamento não é fácil perdoar. Seja qual for o motivo para darmos o perdão, mesmo sendo difícil, Deus nos ajudará a termos essa atitude.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr